Adélia Prado

Escritora brasileira

A Escritora brasileira Adélia Prado é considerada uma das maiores vozes da literatura contemporânea brasileira, reconhecida tanto internacionalmente como nacionalmente. Nascida no interior da Bahia em 1935, Adélia Prado começou sua carreira literária aos 30 anos de idade, publicando seu primeiro livro, "Carne Viva", em 1965.

Influenciada por uma profunda fé católica, o trabalho literário de Adélia Prado é marcado por fortes elementos religiosos e espirituais, explicando seus versos e prosas poéticas. Seu trabalho literário tem sido traduzido para diversas línguas, com toda sua diversidade de temas, desde a fé religiosa até a revolta e a saudade.

Adélia Prado recebeu diversos prêmios literários, entre eles o Prêmio Jabuti de 2013, Prêmio Jabuti de 2015, Prêmio Casa de las Américas de 2012 e Prêmio Designação de Personalidade Cultural do Estado da Bahia. Além disso, foi agraciada com o título de Doutor Honoris Causa na Universidade Federal da Bahia.

Adélia Prado não só escreveu sua própria poesia, mas também editou e publicou antologias de autores brasileiros contemporâneos, incluindo o livro “Gravuras Poéticas”, que coletou obras de poetas brasileiros e argentinos. Em 2011, ela fundou a Associação Literária Adélia Prado, que desde então tem promovido o intercâmbio cultural entre escritores brasileiros e internacionais.

A obra de Adélia Prado é tida como uma importante contribuição para a literatura brasileira contemporânea. Seus poemas e prosas poéticas tratam de temas que vão desde a vida espiritual até a vida cotidiana, tudo abordado com uma profunda sensibilidade. Sua lirismo e uso da poesia como um instrumento para se expressar se tornaram um marco na literatura contemporânea brasileira.
Adélia Prado
Nascimento: 13 de dezembro de 1935 (88 Anos)

Local: Divinópolis

país de nacionalidade Brasil