Heitor Villa-Lobos

Compositor brasileiro

Heitor Villa-Lobos, compositor brasileiro, é considerado por muitos a maior figura da música brasileira do século XX. A obra imensa de Villa-Lobos abrange inúmeros estilos. Ele compôs balés, óperas, música erudita, música popular, música de rádio e cinema, música de câmara, música orquestral e muito mais.

Nascido em 1887, Villa-Lobos foi criado em uma família abastada na cidade do Rio de Janeiro, onde teve acesso a uma ampla variedade de música, embora não tenha tido aulas formais de música. Aos 18 anos, começou a levar uma vida nômade, tocando em ocasiões sociais pelos Estados brasileiros e escrevendo música para eventos e ocasiões especiais. Aos 24 anos, foi para Paris, onde entrou para o Conservatório de Porto e começou a ter aulas de composição clássica.

Ao retornar ao Brasil, em 1918, começou a trabalhar como professor de música e compositor freelancer para jornais, revistas e companhias de ópera. Durante sua carreira, colaborou com inúmeras instituições culturais e musicais, criando e dirigindo orquestras e ensaiando obras de grande porte.

O trabalho de Villa-Lobos é marcado pela mistura e síntese de diferentes idiomas, estilos e tradições musicais. Ele se apropriou de influências indígenas, africanas e europeias, formando uma linguagem musical que refletia sua rica experiência cultural. Alguns de seus trabalhos mais famosos incluem os ciclos Bahia, a Série Carioca e a Bachianas Brasileiras.

Villa-Lobos é conhecido também por sua obra de música popular. Ele recebeu inspiração do samba, choro, baião, toadas e maxixes, tocando e compositoras de vários vilarejos brasileiros. Sua música consolidou o reconhecimento internacional do som brasileiro e, por meio de sua obra monumental, construiu uma ponte entre a música erudita e a popular.

Até o final de sua vida, Villa-Lobos continuou a compor música, deixando para trás uma inesgotável fonte de obras inovadoras. Ao longo de sua carreira, Villa-Lobos foi homenageado com inúmeros prêmios e distinções, incluindo o Grande Cruzeiro da Ordem do Cruzeiro do Sul, a condecoração como Membro Especial da Academia Brasileira de Música e o título de Primeiro Compositor do Brasil, entregue em 1944 pelo ministro da Educação nacional.
Heitor Villa-Lobos
Nascimento: 5 de março de 1887

Local: Rio de Janeiro

Morte: 17 de novembro de 1959 aos 72 Anos
cônjuge Arminda Villa-Lobos
país de nacionalidade Brasil
obra destacada Bachianas brasileiras