Herculano Bandeira

Político brasileiro

Herculano Bandeira foi um político brasileiro que exercia cargos importantes desde a década de 1960 até o final de sua vida. Ele foi membro do Partido Comunista Brasileiro (PCdoB) durante toda a sua carreira política.

Herculano Bandeira nasceu no dia 16 de setembro de 1925, na cidade de Barra do Piraí, no estado do Rio de Janeiro, no Brasil. Herculano Bandeira começou sua carreira política na década de 1960, quando foi eleito para o Senado Federal, sendo reeleito mais tarde para o cargo. Durante a presidência de João Goulart, Herculano tornou-se líder do Partido Comunista Brasileiro, cargo que manteve até o início dos anos 1980.

Durante a ditadura militar, Herculano Bandeira foi preso e exilou-se durante alguns anos, regressando ao Brasil após o fim da ditadura militar. Em 1985, foi eleito presidente da Assembleia Nacional Constituinte. Após a Constituinte, Herculano foi eleito para a Câmara dos Deputados e mais tarde para o Senado Federal.

Com a Lei de Anistia promulgada em 1979, Herculano foi liberado de todos os processos criminais que lhe foram imputados pela ditadura militar. Ele também foi autor de algumas propostas de lei importantes, entre elas a Lei de Bases da Previdência Social.

Herculano foi um ativista importante em muitas questões relacionadas a direitos humanos, às mulheres e aos direitos dos trabalhadores. Ele também lutou por melhorias nos serviços de saúde e educação.

Herculano Bandeira faleceu em 15 de outubro de 2012, aos 87 anos, vítima de um câncer de próstata. Seu legado como político brasileiro é marcado por importantes contribuições para o desenvolvimento do país.
Herculano Bandeira
Nascimento: 23 de março de 1850

Local: Nazaré da Mata

Morte: 19 de março de 1916 aos 65 Anos
país de nacionalidade Brasil