Robert Hooke

Cientista inglês

Robert Hooke: o Cientista Inovador Inglês

O cientista inglês Robert Hooke é lembrado pelas suas contribuições à ciência moderna, sendo considerado um dos pioneiros na área. Nascido em 18 de julho de 1635, Hooke era membro de uma família de nobreza, e seu pai trabalhou como padre anglicano. Apesar da posição de família, Robert hooke estudou em uma escola de latim e ciências em Southampton, e mais tarde estudou na Universidade de Oxford.

Durante seu tempo na Universidade de Oxford, Hooke se tornou o assistente de seu mentor, Robert Boyle, e trabalharam juntos para criar experiências que testariam a Lei de Boyle.Também desenvolveu suas próprias experiências em áreas como o estudo do calor, da luz, das leis da física e da mecânica.

No meio dos anos 1660, Hooke foi nomeado Gerente da Royal Society of Sciences e se tornou Editor Chefe da Philosophical Transactions, que foi a primeira revista cientifica publicada. Durante esse tempo, ele também desenvolveu o seu próprio microscópio, que permitiu que ele observasse as células de plantas e animais.

Além disso, Hooke também desenvolveu o seu próprio telescópio e descobriu três luas que gravitam em torno de Saturno. Ele também foi responsável por desenvolver a lei do movimento de Hooke, que afirma que a força aplicada a um objeto é diretamente proporcional à deformação resultante.

Robert Hooke morreu em 3 de março de 1703, mas seu legado ainda é sentido hoje.Sua obra continua a influenciar os cientistas modernos e suas contribuições à ciência moderna são inestimáveis.

Uma figura significativa na ciência moderna, Robert Hooke deixou uma marca indelével na história da ciência. É por isso que ele é lembrado como um dos maiores cientistas da história.
Robert Hooke
Nascimento: 28 de julho de 1635

Local: Freshwater

Morte: 3 de março de 1703 aos 67 Anos
país de nacionalidade Reino da Inglaterra
obra destacada lei de Hooke
formação Christ Church