Wassily Kandinsky

Pintor russo

O pintor russo Wassily Kandinsky é considerado um dos mais importantes e influentes artistas modernos e um precursor da abstração. Nascido em Moscou em 1866, foi exposto a variadas formas de arte e música cedo na infância, o que desenvolveu sua inclinação artística e contribuiu para a criação de suas técnicas únicas de pintura.

Kandinsky pintou suas primeiras obras abstratas em 1908, enfocando na criação de trabalhos que expressassem emoções em lugar de se concentrar em retratar a realidade. Foi essa direção na arte de Kandinsky que lhe rendeu uma influência substancial na vanguarda da Arte Moderna.

Durante a Primeira Guerra Mundial, Kandinsky se mudou para Munique, na Alemanha, onde criou sua própria escola de arte. Foi naquele período que começou a criar pinturas monocromáticas que simplificavam as linhas indo diretamente para a essência da tela em questão, e a partir daí desenvolveu um estilo único de abstração.

Em 1926, Kandinsky deixou a Alemanha e se mudou para Paris onde entrou em contato com outros artistas consagrados. A Escola de Bauhaus, por exemplo, foi fundada por um importante artista, cujo estilo de trabalho foi diretamente influenciado pelas obras de Kandinsky.

Kandinsky foi um dos primeiros artistas a associar a arte à cor. Ele acreditava que a cor tinha o poder de tocar diretamente os sentimentos de quem observava suas obras. Acreditava ainda que a cor contribuía diretamente com a narrativa das suas telas.

Kandinsky compreendia a relação entre a música e a arte e, assim, tentou transparecer essa relação nas suas obras. Ele acreditava que a pintura poderia ser composta de melodias e harmonia, e que havia certa euforia na pintura para que ocorresse a arte verdadeira.

A obra de Kandinsky influenciou artistas em todo o mundo e ainda hoje é muito admirada. Suas obras são reconhecidas como símbolo da evolução da Arte Moderna e sua abordagem inovadora das cores e das formas deixaram um legado que continua a inspirar artistas até os dias de hoje.

Queda e morte de Kandinsky

No final da Batalha de Metz, em 13 de dezembro de 1944, o renomado artista Kandinsky sofreu um acidente vascular cerebral. Ele não sobreviveu ao incidente e morreu em Neuilly-sur-Seine, aos 77 anos. Posteriormente, ele foi enterrado no Cimetière ancien de Kandisnky em Neuilly-sur-Seine.

Nina Kandinsky preserva obra do marido

Após a morte de Kandinsky, sua esposa Nina se recusou a vender suas telas. Mesmo após o término da guerra e permanecendo em Paris, Nina vendeu algumas de suas telas para museus e organizou várias exposições focadas na vida e na obra de Kandinsky. No ano de 1973, ela chegou a publicar um livro de memórias intitulado 'Kandinsky and me'.

A trágica morte de Nina Kandinsky

Por volta de 1973, Nina Kandinsky mudou-se para um chalé na Suíça. Infelizmente, em 2 de setembro de 1980, sua casa foi assaltada. Todos os seus pertences e joias foram roubados nesse infeliz incidente e Nina não sobreviveu ao assalto. Ela foi assassinada pelos invasores, que nunca foram capturados.

Wassily Kandinsky
Nascimento: 16 de dezembro de 1866

Local: Moscovo

Morte: 13 de dezembro de 1944 aos 77 Anos

Causa: acidente vascular cerebral

país de nacionalidade Alemanha
obra destacada Composição VII
formação Academia de Belas Artes de Munique