Wilhelm Dilthey

Filósofo alemão

Wilhelm Dilthey foi um importante filósofo alemão que, durante o século XX, desenvolveu um pensamento a principalmente buscar compreender os seres humanos por meio das suas formas artísticas e culturais.

Nascido em 1833, em Biebrich, na Alemanha, Dilthey estudou filosofia em Bonn, Berlim, Heidelberg e Basel. Lá, destacou-se pela sua abordagem acadêmica e exploração de tópicos humanos, bem como pela sua rejeição à teoria metafísica da realidade. Em seus estudos, Dilthey buscou compreender a natureza humana e sua relação com o mundo.

Para Dilthey, a filosofia era principalmente uma maneira de capturar e entender a experiência humana. Em vez de se concentrar em raciocínios abstratos e argumentos metafísicos, Dilthey acreditava que a compreensão da vida humana deveria ser estabelecida através da sua arte, experiências, relatos e expressões culturais. Assim, ele desenvolveu a teoria da hermenêutica, que busca compreender a essência e a natureza humana por meio da leitura das fontes literárias, culturais e artísticas.

A teoria de Dilthey acabou influenciando inúmeros filósofos do século XX, em especial Martin Heidegger, que bebeu grandemente de sua obra, especialmente de sua concepção do ser humano. Outros filósofos, como Hannah Arendt, Hans-Georg Gadamer e Herbert Marcuse, também foram influenciados por Dilthey.

Embora a figura de Dilthey não tenha desfrutado do reconhecimento que outros pensadores contemporâneos receberam, seu trabalho foi essencial para a compreensão da vida humana e para o desenvolvimento da hermenêutica. Wilhelm Dilthey morreu em 1911, tendo deixado um legado filosófico que permanece, até hoje, profundamente presente na compreensão humana.
Wilhelm Dilthey
Nome Completo: Wilhelm Christian Ludwig Dilthey
Nascimento: 19 de novembro de 1833
Morte: 1 de outubro de 1911 aos 77 Anos
país de nacionalidade Reino da Prússia
formação Universidade de Heidelberg