Wilhelm Reich

Psicanalista austríaco

O psicanalista austríaco Wilhelm Reich (1897-1957) foi um dos principais teóricos e pesquisadores vinculados à psicanálise sistemática. Sua obra aborda a questão da psiquiatria, saúde, sexualidade, política e energia.

Reich nasceu na cidade de Dobrzcynica, na Polônia e partiu para Viena, na Áustria aos três anos de idade. Em 1915, ele se formou em medicina na Universidade de Viena e desenvolveu seus estudos na área de psiquiatria.

Em 1921, Reich entrou para o Instituto Psicanalítico de Viena, onde fez parte do círculo de discípulos de Sigmund Freud. Ele iniciou seu trabalho com Freud como supervisionador e professor. Foi nessa época que Reich criou a teoria da "função impulsiva" relacionada às características humanas, como desejo e carência de afeto.

Reich também foi um defensor do amor livre e do desaparecimento da autoridade tradicional. Ele acreditava que as normas sociais sobre a sexualidade eram prejudiciais ao ser humano. Para Reich, a liberação sexual deveria ocorrer através da consciência das emoções e sentimentos de cada indivíduo.

Reich também desenvolveu uma série de pesquisas sobre a energia vital humana, que o levaram a trabalhar com energia orgônica, um tipo de energia orgânica presente em todas as formas de vida. Ele acreditava que essa energia poderia curar doenças psíquicas e orgânicas.

Suas pesquisas nessa área foram objeto de controvérsia na época. Os Estados Unidos o acusaram de fraudar com resultados e proibiram a venda de seu livro “The Function of the Orgasm”, o que levou Reich preso em 1956.

Reich morreu em 1957 em Lewisburg Penitentiary, na Pensilvânia, nos Estados Unidos. Seu trabalho contribuiu e ainda contribui para a compreensão da sexualidade, bem-estar e saúde. Sua obra é continuada até os dias de hoje por seus discípulos.

Início da carreira e educação

Formando-se em 1922, inicia seus trabalhos com o tratamento de pacientes com distúrbios mentais na Universidade Neurológica e Psiquiátrica, junto a Paul Schilder. Inclui, no tratamento, técnicas de hipnose e de psicoterapia. Em 1924, faz sua pós-graduação, se tornando membro integrante da Sociedade Psicanalítica de Viena, na qual ficou até 1930.

Vida pessoal e deslocamento devido ao nazismo

Foi casado com Annie Reich, de quem se divorciou em 1932, e viveu mais tarde com a bailarina Elsa Lindenberg, de quem se separou ao partir para os Estados Unidos. Em 1933, é forçado pelo nazismo a sair da Alemanha, mudando-se para Oslo, na Noruega, laborando no Instituto de Psicologia da universidade local até 1939, quando muda-se para Nova Iorque.

Pesquisas nos EUA e encarceramento

Nos Estados Unidos, Reich cria um instituto para o estudo do 'orgônio', passando a fazer muitas pesquisas, inclusive para tratamento do câncer. Em 1954, passa a ser investigado pela Food and Drug Administration, o que lhe rende um processo e posterior aprisionamento, após infrutíferas tentativas de apelação. Preso em 12 de março de 1957, morre de ataque cardíaco em 3 de novembro do mesmo ano.

Carreira Prolífica de Reich nos Ramos de Ciência

Com uma carreira prolífica, Reich se interessou e elaborou teorias em várias áreas da ciência, incluindo psicologia, psicanálise, biologia, sociologia, educação, química, física, sexologia, filosofia e outros. Estudou desde o ser humano e as plantas até galáxias e atmosfera, integrando tudo em uma ciência que denominou Orgonomia.

Orgonomia: A Ciência de Reich

Reich colocou sua diversidade de estudos dentro de uma ciência que criou, a Orgonomia. Abrangia múltiplas áreas da ciência e realizou estudos que iam desde o ser humano e as plantas até galáxias e a atmosfera.

Livros Mais Famosos de Reich

Reich é conhecido por seus famosos livros: 'A Função do Orgasmo', 'A Biopatia do Câncer', 'Análise do Caráter', 'A Revolução Sexual', 'Psicologia de Massas do Fascismo', 'O Assassinato de Cristo', 'Escuta, Zé Ninguém', 'Éter, Deus e o Diabo'. Estas obras destacam-se na prolífica carreira de Reich.

Wilhelm Reich
Nascimento: 24 de março de 1897

Local: Dobrzynica

Morte: 3 de novembro de 1957 aos 60 Anos

Causa: insuficiência cardíaca

cônjuge Annie Reich
país de nacionalidade Áustria
obra destacada A Revolução Sexual
formação Universidade de Viena